'Vou ver a final da Copa no Brasil', promete barra brava deportado

Argentino está em Buenos Aires e garante que voltará ao Brasil para ver a final do Mundial

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Argentino está em Buenos Aires e garante que voltará ao Brasil para ver a final do Mundial
Reprodução
Argentino está em Buenos Aires e garante que voltará ao Brasil para ver a final do Mundial

Pablo Alvarez, o torcedor argentino conhecido como Bebote, um dos que deveriam ser barrados pela polícia brasileira, mas que só foi encontrado no seu terceiro jogo da sua seleção no Brasil, afirma que irá voltar para ver o jogo final da Copa do Mundo.

Ele voltou a Buenos Aires no domingo (6), depois que sua fantasia de flamenguista foi descoberta pela polícia no último sábado (5), durante Argentina 1x0 Bélgica em Brasília.

Bebote conta que entrou no Brasil pela fronteira com o Uruguai. A cidade uruguaiana de Rivera e a brasileira Santana do Livramento formam um conglomerado urbano só, ele afirma, e foi por lá seu acesso. "Fui dirigindo minha caminhonete."

Amigos das torcidas do Internacional de Porto Alegre e do Flamengo o ajudaram com hospedagem e com as fantasias que usou para entrar nos estádios. "A polícia brasileira tirou fotos pessoais comigo de flamenguista", afirmou.

O argentino conta que estão no Brasil 15 amigos que provavelmente estão na lista de torcedores que deveriam estar barrados durante a Copa.

Quando perguntado se irá pedir a um deles que traga o carro que ficou no Brasil, responde que não, porque ele mesmo vai à final. "Não vai ser por Rivera, tem outros jeitos de entrar", diz o torcedor, sem revelar quais são.