Homens-aranha na torcida querem ser segundo super herói de Felipão

Amigos cariocas se vestiram com fantasia do famoso personagem das histórias em quadrinhas, mas o adaptaram ao estilo brasileiro

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Vestidos de Homem Aranha, cariocas querem que Huck não se sinta o único super-herói do Brasil
DANIEL OTTONI - WEBREPORTER
Vestidos de Homem Aranha, cariocas querem que Huck não se sinta o único super-herói do Brasil

O único super-herói da seleção brasileira terá, enfim, uma companhia à altura. E não estamos falando de Neymar. Para ajudar o atacante Huck, os amigos cariocas Márcio e Diogo Monteiro se vestiram de Homem-Aranha brasileiro, nas cores verde e amarelo. Apesar do sobrenome ser igual, eles não são parentes, mas resolveram usar a mesma fantasia para tentar motivar o time brasileiro. “O Huck precisa de alguém como ele lá na frente, um herói com super poderes. Já que não tem o Neymar, vai de Homem Aranha mesmo”, brincam. Márcio e Diogo foram em todos os jogos do Brasil no Mundial, mas somente agora a fantasia ganha uma proporção ainda mais importante, com a ausência do melhor jogador do time de Felipão. “Nosso ingresso pra final no Maraca já está comprado. Estaremos lá, de corpo e alma. Sem essa de disfarce de Peter Paker, será o Homem Aranha mesmo, de verdade”, descontraem.