Pai diz que Neymar se juntará à seleção em caso de classificação

Jogador, que não foi cortado apesar da seleção, deve estar de volta ao grupo se Brasil jogar domingo

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Jefferson Bernardes/VIPCOMM
undefined

O pai de Neymar disse que o atacante estará com a seleção brasileira caso a equipe avance para a decisão. Para isto, será necessário antes derrotar a Alemanha nesta terça (8), no Mineirão, em Belo Horizonte.

Neymar pai, que também é o agente do atleta, afirmou que o jogador vem se recuperando bem depois de ter sofrido uma fratura em uma das vértebras no final do confronto das quartas de final contra a Colômbia, sexta (4), em Fortaleza. Devido à lesão, o atacante foi liberado (não cortado) para deixar a Granja Comary, em Teresópolis (RJ), para ficar com a família em Guarujá (SP).

"Graças a Deus, depois das primeiras 48 horas de descanso, ele se sentiu bem. A evolução está bem rápida e já anda. Consegue dormir confortavelmente, mas claro que com um pouco de dor", afirmou Neymar pai em entrevista dada por telefone para o site da Federação Paulista de Futebol. "Ele está feliz, sorrindo com os amigos e os familiares. Desde que chegamos no Guarujá, o descanso é o melhor remédio."

"Se Deus quiser, o mais rápido possível ele estará de volta, antes que a gente possa imaginar", disse. "A vontade dele é de estar com a seleção. Ele precisa ter o conforto necessário, mas a gente passando da semifinal, ele estará novamente integrado à seleção. Para jogo é impossível, eu acho. Mas para Deus, tudo é possível. Mas que Neymar vai estar integrado à seleção para a final, que ele vai estar no campo, no banco, vamos fazer o possível. Queremos que ele descanse ao máximo, fique confortável que a dor suma", completou o pai.

Leia tudo sobre: neymarneymar pailesãoseleçãofinalmaracanãdomingocopa do mundo