Só seis vereadores vão a reunião extra

iG Minas Gerais |

Apenas seis dos 41 vereadores da capital compareceram à reunião extraordinária ontem, durante recesso da Casa, para definir as medidas que a Câmara vai tomar em relação ao desabamento do viaduto Batalha dos Guararapes, na avenida Pedro I, na região de Venda Nova, na capital.

Os parlamentares redigiram dois requerimentos – um pela instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as causas e apontar responsáveis pela tragédia, e outro pela convocação de sessão extraordinária para discutir o tema ainda nesta semana.

Para que os documentos sejam validados, são necessárias 14 assinaturas, um terço dos parlamentares. Estiveram presentes Adriano Ventura (PT), Arnaldo Godoy (PT), Gilson Reis (PCdoB), Juninho Paim (PT), Marcelo Aro (PHS) e Pedro Patrus (PT).

Outro pedido de implantação de CPI para apurar o desabamento do viaduto tramita na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O requerimento foi feito ontem pela deputada Liza Prado (PROS) e também precisa da assinatura de um terço da casa – 26 deputados estaduais. almg.

O Legislativo mineiro entra em recesso na próxima semana e retoma os trabalhos somente no início do próximo mês. (Camila Bastos)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave