'Líder' entre os semifinalistas, Alemanha quer fazer valer tal status

Seleção ocupa a melhor posição no ranking da FIFA entre os quatro últimos times que sobraram neste Mundial

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Philip Lahm ainda disse estar preocupado com os três primeiros jogos dos alemães no Mundial
DIVULGAÇÃO/ALEMANHA
Philip Lahm ainda disse estar preocupado com os três primeiros jogos dos alemães no Mundial

Entre os quatro semifinalistas da Copa do Mundo, a Alemanha é a que possui a melhor posição no ranking da FIFA. O time de Joachim Löw quer fazer valer sua colocação nesta terça-feira, às 17h, no Mineirão, quando entrar em campo contra o Brasil, pela semifinal da Copa do Mundo. Com a saída da Espanha do torneio, sobrou para o time bavário ocupar tal posição.  Apesar do status, o treinador sabe que será preciso que seus jogadores façam valer a condição de líder do ranking para chegar a mais uma final de Copa. “Isso é mera estatística, sem relevância. O que precisaremos fazer é manter o nosso estilo de jogo, agora não há razão para mudanças. Entraremos concentrados e com coragem para que esse padrão de atuação seja mantido”, comenta o técnico. Torcida contra. O comandante alemão sabe que a maioria no estádio de Belo Horizonte será brasileira, o que deve colocar uma dificuldade a mais no caminho dos seus atletas. “Os brasileiros vão liberar toda esta paixão que sentem pelo país, teremos um jogo com emoções fortes. Mas, nossa torcida também estará presente. Toda vez que a bola se aproximar do gol, teremos gritos nas arquibancadas”, lembra.