Vamireh Chacon leva prêmio Machado de Assis

Pesquisador e professor pernambucano foi premiado pelo conjunto da obra desde 1941

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O cientista político, pesquisador e professor pernambucano Vamireh Chacon foi o grande vencedor do prêmio Machado de Assis. O prêmio da ABL (Academia Brasileira de Letras) é dado a um autor pelo conjunto da obra desde 1941.

Chacon é professor emérito da Universidade de Brasília e autor dos livros "Globalizaçao e Estados Transnacionais" (ed. Senac) e "Formação das Ciências Sociais no Brasil" (ed. Unesp).

A cerimônia de premiação será no dia 17 de julho, na sede da ABL, no Rio. Além de Chacon, que receberá R$ 100 mil, serão entregues prêmios no valor de R$ 50 mil aos vencedores das demais categorias. Gabriel Nascente venceu na categoria poesia pelo livro "A Biografia da Cinza" (Kelps).

Entre os autores de ficção (incluindo romance, teatro e conto), o ganhador foi Luiz Vilela, pela coletânea de conto "Você Verá" (Record).

João Cezar de Castro Rocha, crítico e professor de literatura da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, teve seu "Machado de Assis: Por Uma Poética da Emulação" premiado na categoria ensaio e crítica literária.

Lista completa

Conjunto da obra: Vamireh Chacon Poesia: Gabriel Nascente, por "A Biografia da Cinza" (Kelps) Ficção: Luiz Vilela, por "Você Verá" (Record) Ensaio: João Cezar de Castro Rocha, por "Machado de Assis: Por Uma Poética da Emulação" (Civilização Brasileira) Literatura infantojuvenil: Tatiana Salem Levy, por "Tanto Mar" (Record); e Mirna Pinsky, por "Um menino, sua Amiga, um Fichário e dois Preás" (editora FTD) Tradução: Safa Jubran, por "E Nós Cobrimos seus Olhos" (Companhia das Letras), de Alaa Al Aswany História e Ciências Sociais: Lilia Moritz Schwarcz, por "Batalha do Avaí" (Sextante) Cinema: Matthew Chapman e Julie Sayres, pelo roteiro do filme "Flores Raras", dirigido por Bruno Barreto

Leia tudo sobre: Vamireh Chacon