Torcida vê alemães rapidamente, mas promete 'plantão' em hotel

Grupo esperou jogadores da Alemanha por mais de uma hora, e plantel entrou direto no hotel; muitos ainda estão no loocal

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

ESPORTES: BELO HORIZONTE MG: CHEGADA DA SELECAO DA ALEMANHA 
Torcedores aguardam na porta do Hotel Ceaser Business, localizado na regiao Sul de Belo Horizonte a Selecao da Alemanha. Apos vitoria contra a  Costa Rica pelas oitavas de final, da Copa do Mundo 2014. A Selecao da Alema chega a capital mineira,  para enfrentar a Selecao do Brasil , pelas quartas de final. O jogo sera realizado no Mineirao , amanha (08).

Foto: Leo Fontes/ O Tempo/ 07.07.2014
ESPORTES: BELO HORIZONTE MG: CHEGADA DA SELECAO DA ALEMANHA Torcedores aguardam na porta do Hotel Ceaser Business, localizado na regiao Sul de Belo Horizonte a Selecao da Alemanha. Apos vitoria contra a Costa Rica pelas oitavas de final, da Copa do Mundo 2014. A Selecao da Alema chega a capital mineira, para enfrentar a Selecao do Brasil , pelas quartas de final. O jogo sera realizado no Mineirao , amanha (08). Foto: Leo Fontes/ O Tempo/ 07.07.2014

Poucas centenas de torcedores acompanharam a chegada da delegação da Alemanha na porta do hotel onde os germânicos ficarão hospedados. Muitos esperaram mais de uma hora para verem seus ídolos sairem rapidamente do ônibus e entrarem no local onde ficarão para o jogo desta terça contra o Brasil, pela semifinal da Copa do Mundo.

Sob um forte sol, o alemão Christof Schaller esperou seus conterrâneos e não se decepcionou com a rápida aparição dos jogadores.

"Já esperava que seria assim. Fiquei feliz por, pelo menos, ter visto grandes jogadores como Klose, Kroos e Podolski", afirmou Schaller, que viveu em São Paulo por três anos e agora está em férias em Belo Horizonte.

"Infelizmente não consegui comprar ingresso para a partida, mas vou ver com amigos brasileiros em um churrasco. Estarei em minoria, mas torcerei para uma vitória, claro", completou.

Ao redor do hotel, algums torcedores, em sua maioria brasileiros, prometeram ficar na frente do hotel até o fim da tarde, quando os alemães irão para o Mineirão para um breve treino e coletiva de imprensa.

"Vou ficar aqui até quando precisar. Quero muito ver o Neuer e os outros jogadores também", disse Fernando Assis, que mostra aos fotógrafos uma tatuagem em sua coxa esquerda de um símbolo representativo da Alemanha.

Um grupo de torcedores, em sua maioria formado por crianças, ainda ensaia alguns gritos de "Deutschland" e outras músicas para chamar a atenção dos germânicos. A intenção é que eles, ao menos, acenem das varandas dos quartos

Leia tudo sobre: torcidaalemãesgrupoalemanhaseleção alemãhotelbelo horizonte