Vereadores pedem CPI para apurar segurança em obras de mobilidade

Grupo de parlamentares se reuniu na manhã desta segunda-feira, quando foi feito o pedido; até o momento, seis vereadores já assinaram o documento; são necessárias 14 assinaturas para a abertura da CPI

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Seis vereadores da Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH) solicitaram a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar a segurança nas obras de mobilidade urbana de Belo Horizonte, durante uma reunião na manhã desta segunda-feira (7).

Para que a abertura da CPI seja aprovada são necessárias 14 assinaturas e, de acordo com a assessoria da CMBH, até o momento, seis parlamentares assinaram o documento. Participaram da sessão os vereadores Gilson Reis (PC do B), Pedro Patrus (PT), Marcelo Aro (PHS), Arnaldo Godoy (PT), Adriano Ventura (PT) e Juninho Paim (PT). Eles pretendem pedir que os colegas interrompam o recesso parlamentar para que o caso seja apurado com mais rapidez.

Durante o encontro desta segunda-feira, os parlamentares fizeram também um requerimento para a realização de uma reunião extraordinária para discutir o desabamento do viaduto Guararapes. O pedido também precisa de 14 assinaturas para ser aprovado.

Leia tudo sobre: vereadoresprocessoCPI