Mulher aceita transar com três homens, mas apanha ao desistir de sexo

Dona de casa contou que mudou de ideia ao perceber que um dos preservativos tinha estourado; ninguém foi preso

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A Polícia Militar de Coromandel, no Alto Paranaíba, está à procura de três homens que espancaram uma dona de casa de 41 anos, no fim da noite dessa domingo (6). As agressões teriam começado depois que o preservativo estourou e a vítima desistiu de prosseguir nas relações sexuais.

De acordo com o boletim de ocorrência da corporação, a mulher contou que estava em um bar quando começou a conversar com os suspeitos, que a convidaram para um programa sexual a quatro. A dona de casa aceitou e eles seguiram para uma área erma do bairro Vale do Sol.

Durante a transa, a vítima percebeu que um dos preservativos havia estourado e pediu para que os agressores interrompessem o ato. Porém, os suspeitos se negaram, consumaram a relação e, em seguida, começaram a agredi-la com socos e chutes. Eles ainda teriam a ameaçado caso a polícia fosse acionada.

Mesmo com a ameaça de morte, a mulher acionou os militares e foi levada para o Pronto-Socorro de Coromandel. A vítima não soube passar para os policiais as características dos suspeitos, que ela não conhecia.

Ainda segundo a polícia, além da agressão corporal, o caso também foi registrado como estupro, uma vez que a dona de casa pediu para que o ato sexual não fosse consumado sem o preservativo, mas não foi atendida.

A Polícia Civil vai investigar o caso. 

Leia tudo sobre: COROMANDELESTUPROESPANCAMENTOTRIO