General iraquiano é morto em confronto com insurgentes

O general do Exército iraquiano Negm Abdullah Ali, comandava a sexta divisão do Exército, que atua em parte da capital

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um general do Exército iraquiano responsável pela defesa de Bagdá morreu nesta segunda-feira (7) durante uma batalha contra insurgentes islâmicos, anunciou o governo. Negm Abdullah Ali comandava a sexta divisão do Exército, que atua em parte da capital. Segundo o comunicado do primeiro-ministro Nuri al-Maliki, o general "encontrou o martírio no campo de batalha enquanto lutava contra terroristas".

Ele foi morto após a explosão de um morteiro na região de Ibrahim Bin Ali, que fica a 16 quilômetros de Bagdá. O local é disputado há meses pelo governo e pelos insurgentes liderados pelo Estado Islâmico --grupo radical sunita que anunciou a criação de um califado na região e antes era conhecido como Estado Islâmico no Iraque e no Levante.

Parlamento

Também nesta segunda, o primeiro-ministro anunciou que adiou a próxima sessão do Parlamento para 12 de agosto. A ação é reflexo da crise política do país e da dificuldade de Maliki em formar um novo governo.

Ele pretende se manter no cargo após ter vencido as eleições parlamentares de abril, mas não tem maioria para apontar o premiê.

Parte dos deputados defende a criação de um governo de união nacional unindo sunitas, xiitas como a única forma de combater a insurgência liderada pelos sunitas do Estado Islâmico. Maliki, que é xiita, é contra.

A primeira sessão do novo Parlamento, na última terça-feira (1), terminou sem definir o novo líder depois que representantes sunitas e curdos abandonaram o local.

Leia tudo sobre: IraqueconfrontoconflitogeneralinsurgentesMundomorte