Confronto das semi anima Dante a reencontrar companheiros de Bayern

Perto de fazer sua estreia em jogos de Copa do Mundo, zagueiro brasileiro se empolga com chance de atuar diante de bávaros: 'melhor sensação do mundo'

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

REPRODUÇÃO / BAYERN
undefined

Maior clube fornecedor de atletas para esta Copa do Mundo, o alemão Bayern de Munique continua com seu status mesmo nas fases finais da competição no Brasil. Isso porque a equipe é a base da seleção alemã – nada menos que sete atletas foram convocados – e ainda com o holandês Robben e o zagueiro brasileiro Dante.

O defensor do Brasil tem a difícil missão de fazer sua estreia em Copas justamente contra seus companheiros de dia a dia. E é por isso que o jogador está bem ciente da responsabilidade da seleção canarinho: o Bayern tem sido uma máquina de títulos e tem destaques desde a zaga ao ataque.

“É um time que tem muita experiência e joga junto há muito tempo. Temos que ter muito cuidado. Falei e desejei boa sorte em outros jogos com o Schweinsteiger. Trocamos algumas mensagens há alguns dias, mas nada demais. Tenho muito respeito. O pessoal não é muito disso, de brincadeiras e provocações. Espero que o Brasil saia vencedor e vá para a final. Conheço bem. Já joguei várias vezes com eles e várias vezes contra alguns deles. São todos grandes jogadores. Vale salientar que os atacantes são imprevisíveis”, afirmou o atleta, que deve assumir o papel do suspenso Thiago Silva, em entrevista ao site germânico Bundesliga.

Mas não é a dificuldade que desanima o brasileiro. Pelo contrário, a vontade de estar em campo novamente, mesmo em lados opostos, com Neuer,  Lahm, Boateng, Götze, Kroos, Thomas Müller e Schweinsteiger, é mais que motivação para o jogador.

“Seria a melhor sensação do mundo. Não há nada melhor para mim do que jogar um jogo de Copa do Mundo no Brasil contra a Alemanha, onde eu vivi e vivo há um bom tempo. Estou ansioso pela partida”, completou ele.

A partida entre Brasil e Alemanha será nesta terça, às 17h, no Mineirão.