Mexicano que permitiu mordida de Suárez apita Brasil x Alemanha

Depois de nem cartão dar para uruguaio em lance marcante do Mundial, árbitro comanda o duelo da semifinal no Mineirão

iG Minas Gerais | Victor Martins |

Árbitro mexicano em ação no duelo entre Bélgica e Argélia na primeira fase do Mundial
JOÃO GODINHO
Árbitro mexicano em ação no duelo entre Bélgica e Argélia na primeira fase do Mundial

O mexicano Marco Rodriguez vai ser o juiz da partida entre Brasil e Alemanha, amanhã, no Mineirão, pela semifinal da Copa do Mundo. Apelidado de Drácula pela imprensa de seu país, neste Mundial o árbitro já apitou dois jogos e ficou marcado por conta da mordida de Suárez em Chiellini.

Marco Rodriguez foi o árbitro de Itália x Uruguai, partida disputada em Natal. O juiz não viu a mordida do centroavante uruguaio no zagueiro italiano. Posteriormente o camisa 9 do Uruguai foi punido pela Fifa.

Curiosamente, o juiz mexicano não foi escalado para nenhum jogo das oitavas e nem das quartas de final. A estreia de Rodriguez na Copa foi justamente no Mineirão, no triunfo da Bélgica sobre a Argélia, pela primeira rodada da fase inicial.

Em dois jogos nesta Copa do Mundo, Marco Rodriguez já marcou 84 faltas e um pênalti, além de mostrar seis cartões amarelos e um vermelho.  

Leia tudo sobre: Marco RodriguezárbitroBrasilAlemanhaCopa do Mundo 2014