Goleiros holandeses evitam polêmica

Estranha decisão de Van Gaal deu a seleção laranja a classificação para as semifinais

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Van Gaal disse que Argentina jogou com o pé no freio contra a Bélgica
DOUGLAS MAGNO/O TEMPO
Van Gaal disse que Argentina jogou com o pé no freio contra a Bélgica

 Nenhum outro treinador havia feito numa Copa a mudança executada por Louis van Gaal, que colocou um goleiro só para as cobranças de pênaltis.

A troca, na partida da Holanda contra a Costa Rica, no sábado (5), surpreendeu torcedores, jornalistas e também a própria seleção holandesa -irritado, o goleiro titular deixou o campo chutando o que encontrou pela frente no banco de reservas.

Não por acaso, os holandeses promoveram já no dia seguinte à partida uma entrevista coletiva conjunta do titular, Cillessen, e do reserva que entrou para os pênaltis, Krul. Sorrindo, os dois se esforçaram para mostrar que não ficou nenhum clima ruim depois da partida em Salvador.

"Não é para ninguém ter inveja de mim", afirmou Krul, 26 e 1,93 m. "Eu queria jogar pelo meu país. Temos 23 jogadores. Obviamente todo mundo quer jogar."

O titular, que tem 25 anos e seis centímetros a menos que Krul, explicou sua irritação ao deixar o gramado. "Eu também queria jogar a decisão por pênaltis. Estava bravo quando saí."

Krul disse que Van Gaal o avisou de seus planos antes de ir para o estádio e pediu reserva sobre o assunto. "Passei o jogo todo com uma sensação diferente", contou.

Cillessen foi o último a saber, avisado pela placa levantada à beira do gramado. Rindo, afirmou que "talvez" seria bom saber antes numa próxima vez. Ele será o titular na semifinal contra a Argentina, na quarta (9), no Itaquerão e diz que o que aconteceu em Salvador não afetará sua confiança em campo. "Por que iria?", perguntou.

Os dois irão estudar os cobradores argentinos para o caso de o jogo acabar em São Paulo acabar empatado –a lição de casa deve ser cumprida nesta segunda (7).

A disputa por pênaltis em Salvador foi a 25ª da história das Copas. A estratégia inédita adotada por Van Gaal resultou na primeira vitória de sua seleção nesse tipo de decisão. A Holanda havia perdido para o Brasil em 1998, na semifinal.

O uso dos pênaltis como critério de desempate em Copas foi introduzido no Mundial de 1978, mas só de fato utilizado pela primeira vez em 1982. Antes, havia prorrogação e, se necessário, jogo extra.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave