Felipão e capitão chegam primeiro a BH

Os dois são esperados na entrevista coletiva na véspera do jogo

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Felipão e Thiago Silva passaram a palavra para Rodrigo Paiva ao ouvirem a pergunta sobre a arbitragem
Joao Godinho/O Tempo
Felipão e Thiago Silva passaram a palavra para Rodrigo Paiva ao ouvirem a pergunta sobre a arbitragem

 O técnico Luiz Felipe Scolari e o capitão Thiago Silva irão de helicóptero, e não no avião da seleção, de Teresópolis até Belo Horizonte no início da tarde desta segunda-feira (7). Isso vai acontecer porque a comissão técnica decidiu realizar o último treino antes de enfrentar a Alemanha pela semifinal da Copa, jogo na terça-feira (8), no centro de treinamento da CBF em Teresópolis. O problema é que a Fifa obriga que a entrevista coletiva do treinador, e de um jogador, na véspera do jogo seja no estádio da partida, no caso o Mineirão. Mesmo suspenso por causa do segundo cartão amarelo, Thiago Silva foi o escolhido para evitar que um atleta que vá jogar mude a programação, que é ir de ônibus até o Rio e pegar o avião para Belo Horizonte no fim da tarde. A CBF está com rusgas com a Fifa por causa da arbitragem no Mundial. A entidade brasileira entende que o Brasil tem sido prejudicado, principalmente por árbitros europeus, que não estão coibindo faltas. Há também irritação por causa da suspensão ao diretor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva, por causa de briga no intervalo do jogo contra o Chile.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave