Santos 'reata' com Neymar e oferece ajuda para recuperação

Após saída conturbada, equipe da baixada sinaliza "reconciliação"

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Neymar foi caçado pela defensiva colombiana e acabou fora do Mundial
Jefferson Bernardes/VIPCOMM
Neymar foi caçado pela defensiva colombiana e acabou fora do Mundial

Há um ano, a transferência de Neymar para o Barcelona criou atritos entre o pai do jogador e o Santos, que anunciou ter ido à Justiça para descobrir o real valor da negociação. Diante da polêmica por causa de valores ocultos, o presidente barcelonista, Sandro Rosell, se demitiu. O mandatário santista, Odílio Rodrigues, contestou a postura da família do atacante, que foi formado nas divisões de base alvinegras e se declarou torcedor do time. Mas a relação entre o clube e Neymar voltou a ser positiva neste sábado (5). Os santistas entraram em contato com o pai do atacante, Neymar Santos, e ofereceram ajuda para o tratamento do seu ex-camisa 11 depois da fratura de uma vértebra, que o afastou da Copa do Mundo. O Santos informou em seu site, neste domingo, que o médico Mauricio Zenaide, o fisioterapeuta Rafael Martini e o especialista em coluna Nicola Carneiro visitaram o jogador em sua casa, no Guarujá, onde ele se recupera em repouso, para auxiliar nos cuidados. O clube acrescentou que está à disposição de Neymar sua estrutura médica e fisioterápica, além de seus profissionais. "Fizemos uma avaliação clínica do Neymar, tanto da parte fisioterápica, como da parte médica, e definimos o que será feito no tratamento do atacante. Neste momento, ele fica em repouso e sob o acompanhamento domiciliar do fisioterapeuta Rafael Martini", disse Zenaide. "Colocamos à disposição do atleta a nossa estrutura do CT Rei Pelé e nossos profissionais, que o conhecem desde o início de sua trajetória no futebol. Sabemos que o Santos FC é a segunda casa do Neymar, onde ele se sente muito bem e em um lugar onde ele encontrará todas as facilidades e tudo o que há de melhor para buscar a plena recuperação para voltar a atuar em alto nível", afirmou o médico santista Rodrigo Zogaib. Ao receber uma joelhada do lateral direito Zúñiga, Neymar lesionou a coluna aos 41 min do segundo tempo da vitória de 2 a 1 sobre a Colômbia, sexta-feira, no estádio Castelão, em Fortaleza, pelas quartas de final da Copa. Sua recuperação exige de três a seis semanas, por isso ele não participará dos dois jogos que restam à seleção brasileira no Mundial. Terça-feira (8), o Brasil enfrenta a Alemanha no Mineirão, em Belo Horizonte, por um lugar na decisão. No dia seguinte, Holanda e Argentina disputam a outra semifinal, no Itaquerão, em São paulo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave