Ídolo do Fluminense, Assis morre aos 61 anos em Curitiba

Menos de dois meses depois de Washington, com quem formou o casal 20 no Tricolor, ex-meia falece vítima de insuficiência renal

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Assis foi campeão brasileiro em 1984 pelo Fluminense
FLUMINENSE/DIVULGAÇÃO
Assis foi campeão brasileiro em 1984 pelo Fluminense

Ídolo do Fluminense da década de 1980, o ex-meia Assis faleceu na manhã deste domingo (6) em Curitiba. Aos 61 anos, Benedito de Assis Silva morreu devido a uma insuficiência renal, segundo comunicado do clube. Assis, ao lado do atacante Washington, formou uma das duplas de ataque mais idolatradas pela torcida do Fluminense: o Casal 20. Washington também faleceu recentemente, em 25 de maio, devido a uma esclerose lateral amiotrófica, um tipo de doença degenerativa. Ele tinha 54 anos. A dupla se transferiu para o Fluminense em 1983 e, naquele mesmo ano, venceu o campeonato estadual do Rio. No ano seguinte, veio o bicampeonato estadual e o título do Campeonato Brasileiro. Em 1985, Assis e Washington levaram o Fluminense ao tricampeonato estadual. Devido aos gols marcados em duas finais consecutivas contra o Flamengo (1983 e 84), Assis recebeu a apelido de "carrasco tricolor". "É uma perda muito grande. Assis foi um dos maiores ídolos da história do Fluminense. Marcou uma geração. Um ídolo que tinha uma forte ligação com o clube desde sempre. Hoje é dia de reverenciá-lo por tudo que fez por nós tricolores", disse o presidente do clube, Peter Siemsen.

Leia tudo sobre: fluminensemorteassisidolocsal 20