Kaká deve estrear dia 19 pelo São Paulo, contra o Chapecoense

Plano da diretoria Tricolor é promover a estreia do ídolo no primeiro jogo em casa na volta do Brasileirão

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Kaká está muito perto de atingir seu centésimo gol com a camisa do clube italiano
MILAN / DIVULGAÇÃO
Kaká está muito perto de atingir seu centésimo gol com a camisa do clube italiano

Contratado pelo São Paulo por empréstimo até o final deste ano, o meia Kaká, 32, deve estrear pelo clube tricolor no próximo dia 19 de julho, no Morumbi, contra o Chapecoense, pelo Brasileiro. Ao menos é a data que agrada a diretoria, pois será o primeiro jogo do São Paulo como mandante assim que o torneio nacional voltar a ser disputado após o encerramento da Copa do Mundo. "Pensamos no dia 16, mas o jogo será em Salvador [contra o Bahia]. O ideal é ele estrear diante da nossa torcida, na casa dele", disse o presidente tricolor, Carlos Miguel Aidar, neste domingo (6). Para o dirigente, Kaká não precisará de um tempo para entrar em forma, pois estava atuando pelo Milan até maio. Aidar ainda avalia que, com o meia, o São Paulo passa a brigar diretamente pela taça nacional - a equipe está na quarta colocação, com 16 pontos. "Melhoramos nosso time, mas é evidente que não podemos jogar a responsabilidade nas costas do Kaká. São 11 titulares. Estamos qualificando nossa equipe e queremos ser campeões", disse. Kaká retorna ao Brasil após 11 anos na Europa. Nesse tempo, defendeu Milan e Real Madrid. Após o fim da temporada 2013/14, foi negociado com o Orlando City (EUA) e emprestado ao São Paulo. MAIS REFORÇOS Aidar também admitiu que os próximos passos do clube devem ser para melhorar a defesa. Atualmente, o São Paulo conta com os zagueiros Antonio Carlos, Edson Silva, Lucão e Rafael Toloi (que retornou da Roma), além do volante Rodrigo Caio, que atua improvisado no setor. "Vamos tentar dar mais opções, mas já temos nomes importantes. O Toloi voltou e com isso pode permitir que Rodrigo Caio jogue na posição onde ele se destacou pela seleção sub-20 [no Torneio de Toulon, em maio, quando foi volante]. Vamos analisar opções", disse Aidar.

Leia tudo sobre: sao paulokakafutbolestreiatricolorfutebol