“As prefeituras precisam se conscientizar”

Luiz Edgar Tostes Diretor Ass. Brasileira de Campismo (Abracamping)

iG Minas Gerais | Litza Mattos |

Hoje existem quantas fábricas e quantos motor-homes no país?

São aproximadamente seis fábricas, cuja maior concentração está no Estado de São Paulo, mas, principalmente, no Rio Grande do Sul. Nós estimamos algo em torno de 3.500 a 4.000 motor-homes rodando no país, com base na produção das fábricas ao longo do tempo.

Quantas são as áreas de camping e qual o preço?

Aproximadamente 600, mas esse também é outro dado estimado. Embora seja obrigatório o registro no Ministério do Turismo, poucas áreas são registradas.

Os valores variam muito. Tem opções de R$ 20 por pessoa a até R$ 50 por pessoa, dependendo da localidade. Essas áreas também se concentram mais nas regiões Sul e Sudeste do país, em Estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Por que esse tipo de infraestrutura é mais forte nesses locais?

Primeiro, pela concentração de fábricas. Segundo, por uma questão cultural. Essas pessoas estão mais ligadas à vida ao ar livre e têm mais motor-homes. No Nordeste também se tem um bom número, mas não é tão significativo, como no Sul onde se encontram mais de 50% dos carros.

Por que esse tipo de turismo diminuiu no país?

O que ocorreu é que, no auge do campismo, se usava muita barraca e trailer. E, em determinado momento, veio uma legislação absurda que começou a exigir, para tracionar um trailer, a mesma habilitação do que a utilizada para dirigir uma carreta de 40 toneladas (categoria E). Isso matou a indústria, e levamos dez anos para corrigir essa deficiência. Então, nesses dez anos, os trailers ficaram parados se deteriorando em campings. Isso levou a um atraso no campismo com veículos de recreação.

O que precisa ser feito?

As prefeituras, principalmente de cidades turísticas, devem se conscientizar de que é importante ter campings municipais também. Na Argentina, qualquer cidade pequena com algum atrativo turístico tem um camping municipal, onde as pessoas vão para passar o fim de semana e fazer churrasco. Isso precisa se difundir pelo Brasil. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave