Patrimônio cresceu 303% desde 2010

iG Minas Gerais |

Brasília. O senador Aécio Neves, candidato do PSDB a presidente da República, aumentou seu patrimônio em 303,25% desde 2010, ficando R$ 1,87 milhão mais rico.  

Em 2010, quando disputou a eleição para o Senado, Aécio declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 617.938,42. Neste ano, quando pediu registro para disputar a Presidência, ele declarou um patrimônio de R$ 2.491.876,65.

Em nota, o PSDB explicou que o patrimônio de Aécio cresceu porque ele recebeu uma herança de seu pai, Aécio Ferreira da Cunha, falecido em outubro de 2010. O bem mais valioso do tucano são 88 mil cotas da Rádio Arco Íris, que valem R$ 700 mil.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave