Löw sofre pressão por mudanças

iG Minas Gerais | Josias Pereira |

Técnico da Alemanha adota sistema semelhante ao utilizado no Bayern
Alex de Jesus - O Tempo - 15/06/2014
Técnico da Alemanha adota sistema semelhante ao utilizado no Bayern

Nem tudo é festa na seleção alemã. Classificados – pela quarta vez consecutiva – às semifinais da Copa, os tricampeões mundiais vêm recebendo críticas por conta de um esquema tático um tanto que inusitado. A imprensa germânica está em cima do treinador Joachim Löw, que vem insistindo em escalar uma formação 4-1-4-1, com quatro zagueiros de origem e Phillip Lahm, talvez o melhor lateral do mundo, atuando como um volante que organiza a saída de bola.  

O esquema é bem semelhante ao implantado por Pep Guardiola no Bayern de Munique. Deslumbrado com o aproveitamento de Lahm na equipe bávara, o comandante enxerga nesse sistema tático uma espécie de alternativa aos constantes problemas físicos de Schweinsteiger e Khedira. Contra Portugal, na estreia da Copa, a preocupação com a formação passou batida. A Alemanha goleou os lusitanos por 4 a 0. No entanto, nas demais partidas, os germânicos encontraram dificuldades.

Com a pressão por mudanças vinda de todos os lados, até mesmo do ministro do interior alemão, Thomas de Maizière, Löw resolveu colocar Lahm na direita contra a França, pelas quartas de final. Apesar disso, a insegurança quanto aos laterais-esquerdos permanece. Sem jogadores de ofício nos flancos, por vezes, os alemães sofrem com falta de opções. Mas tem também quem defenda o treinador.

“Ele (Löw) não é teimoso. Nenhum treinador é teimoso apenas por querer ser. Ele tem todas as alternativas na mente. Mas, tenham certeza, o objetivo dele é voltar para casa com o título de campeão do mundo”, diz o ex-jogador Oliver Bierhoff, diretor-técnico da seleção.

Contra o Brasil, Löw ainda não confirmou o esquema tático, mas é possível que Lahm permaneça na lateral-direita. Outra “reivindicação” da imprensa alemã é a escalação de Klose entre os titulares. Com 15 gols marcados, o experiente centroavante está a um tento de se tornar o maior artilheiro da história das Copas do Mundo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave