Barra brava argentino, enfim, é pego com camisa do Flamengo

Bebote, temido torcedor argentino, estava na mira da polícia por estar clandestino no país, ele já tinha visto dois jogos da Copa disfarçado

iG Minas Gerais |

Bebote usou camisa do Flamengo no Mané Garrincha, mas foi pego 'no pulo'
MINISTÉRIO DA JUSTIÇA/DIVULGAÇÃO
Bebote usou camisa do Flamengo no Mané Garrincha, mas foi pego 'no pulo'

Bebote até que conseguir driblar as autoridades duas vezes seguidas, mas se deu mal na terceira. O barra brava argentino, procurado pela polícia por estar no Brasil de forma irregular, tentou entrar clandestinamente no duelo do time de Messi com a Bélgica, neste sábado, mas foi pego.

Pablo Álvarez, o Bebote, se fantasiou e entrou nos jogos contra Nigéria e Suíça. Desta vez ele tentou se passar por brasileiro, usou uma camisa do Flamengo, tingiu os cabelos de verde, mas foi localizado em meio à multidão no Mané Garrincha em uma operação que contou com a ajuda da polícia argentina, segundo informou a assessoria do Ministério da Justiça. Ele deve ser deportado ainda neste sábado.

O hermano, um dos mais temidos na Argentina, vinha debochando da polícia após conseguir assistir os jogos da Copa nos estádios. No início da semana, ele postou foto vestido de suíço nas redes sociais e ainda brincou: “Bebote 2 x 0 Polícia”.

Leia tudo sobre: Copa do Mundobarra bravaargentinopresopoliciamane garrincha