Jogadores estão chocados com a perda de Neymar, diz Runco

Atacante vai precisar de três a seis semanas para se recuperar

iG Minas Gerais | Folha Press |

Jefferson Bernardes / VIPCOMM
undefined

Teresópolis (RJ). Chocados. Está é a palavra da comissão técnica para a reação dos jogadores da seleção brasileira quando souberam que Neymar, o craque do time, estava fora da Copa do Mundo. "Evidentemente que ficaram chocados, chateados, parece que perdemos o jogo. Mas acho que isso vai ser motivo para o grupo crescer e criar estímulos, chegar à partida final e ser campeão. Eles vão querer homenagear esse colega que sempre ajudou muito a equipe", disse o médico José Luiz Runco.

Neymar sofreu uma fratura na terceira vértebra e vai precisar de três a seis semanas para se recuperar. Ele já deixou a concentração da seleção brasileira, em Teresópolis, e foi para o Guarujá, no litoral paulista, onde tem casa e onde vai repousar.

O relato de membros da comissão técnica é de que quase toda a delegação chorou muito quando soube da lesão do jogador. Muitos atletas souberam dentro do ônibus que levava a delegação do estádio Castelão, onde o Brasil venceu na sexta-feira (4) a Colômbia por 2 a 1, até o aeroporto.

O Brasil não chegava a uma semifinal de Copa do Mundo desde 2002, quando foi campeão. Runco, que estava naquela delegação, lembrou que não houve festa, apenas tristeza pela perda do colega.

Levar Neymar para Teresópolis, depois do voo de Fortaleza ao Rio, foi uma decisão do médico. Era importante observá-lo durante a noite, mas também fazer com que ele interagisse com os companheiros, que precisavam ver que ele estava bem. O tratamento requer apenas descanso e o uso de uma cinta ortopédica. Neymar deve tomar analgésicos para dor por mais sete dias. "Era importante que o grupo visse o Neymar bem. Uma coisa é ouvir de terceiros, outra coisa é ouvir da própria pessoa", disse Runco.

O pai do jogador, também Neymar, esteve com ele durante a noite em Teresópolis. O jogador recebeu um ansiolítico, para poder dormir, mas acordou dizendo que conseguiu dormir um pouquinho. O pai dormiu com ele no quarto da Granja Comary (cada jogador tem o seu). Foi Runco quem deu a notícia para Neymar. "Nem deixei ele perguntar se ele estava fora da Copa. Já o avisei. Claro que ele ficou arrasado, era um sonho que se está perdendo. Mas hoje [sábado] sua face já estava bem melhor", disse o médico.

O estafe da CBF convenceu Neymar a gravar um vídeo, que foi ao ar no site da CBF. Nele Neymar diz que o sonho foi adiado, mas que ainda fazia parte do grupo. Ele chorou na gravação. Segundo o médico, a decisão de ir para sua casa no Guarujá foi de Neymar, para ter mais conforto na recuperação.

PROCEDIMENTOS Runco negou que tenha havido falha de procedimento na retirada do jogador de campo. Neymar não foi imobilizado e deixou o gramado na maca da Fifa. "Na hora já percebi que não havia dano neurológico. E quando o colocamos na maca o giramos, para não ter movimento da coluna", disse Runco.

Leia tudo sobre: NeymarRecuperaçãoCopa