Argentina vence a Bélgica e volta às semifinais após 24 anos

Seleção não ia tão longe desde o Mundial de 1990, quando foi vice-campeã

iG Minas Gerais | Folha Press |

ESPORTES - 05.07.2014
COPA DO MUNDO FIFA 2014 - ARGENTINA x BELGICA

Brazil Soccer WCup Argentina Belgium
Argentina's Gonzalo Higuain, right, celebrates with Angel di Maria after scoring the opening goal during the World Cup quarterfinal soccer match between Argentina and Belgium at the Estadio Nacional in Brasilia, Brazil, Saturday, July 5, 2014. ( AP Photo / Martin Meissner )
AP Photo / Martin Meissner
ESPORTES - 05.07.2014 COPA DO MUNDO FIFA 2014 - ARGENTINA x BELGICA Brazil Soccer WCup Argentina Belgium Argentina's Gonzalo Higuain, right, celebrates with Angel di Maria after scoring the opening goal during the World Cup quarterfinal soccer match between Argentina and Belgium at the Estadio Nacional in Brasilia, Brazil, Saturday, July 5, 2014. ( AP Photo / Martin Meissner )

A Argentina está novamente entre as quatro melhores seleções de uma Copa do Mundo após 24 anos. Desde o vice-campeonato em 1990, não ia tão longe.

A classificação veio com vitória de 1 a 0 sobre a Bélgica neste sábado (5), no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

O atacante Higuaín, que era cobrado por não ter marcado ainda nesta competição, fez o gol. Não balançava a rede por sua seleção desde agosto do ano passado.

O adversário dos argentinos será Holanda ou Costa Rica, que duelam ainda neste sábado, em Salvador.

Belgas e argentinos haviam duelado duas vezes em Copas. Em 1982, então campeã, a Argentina estreou com derrota de 1 a 0. Em 1986, na trajetória do segundo título, venceu por 2 a 0 nas semifinais e interrompeu a melhor campanha da Bélgica em Mundiais.

Neste sábado, houve mudanças nas duas escalações. Suspenso, o lateral esquerdo argentino Rojo deu lugar a Basanta. Demichelis substituiu Federico Fernández na zaga. Gago cedeu sua vaga ao também volante Biglia.

Na Bélgica, Mirallas ganhou a posição de Mertens como meia-atacante.

Higuaín foi o melhor em campo. Aos 7 min, ele marcou um belo gol de voleio. Após saída de bola errada da Bélgica no meio de campo, a Argentina contra-atacou. Di María tentou passe, a bola desviou na zaga e sobrou para o artilheiro desta tarde finalizar de primeira, na entrada da área. Neste Mundial, saiu para a entrada de Enzo Pérez, aos 31 min.

No segundo tempo, Higuaín criou outras duas grandes oportunidades em lances individuais. Aos 5 min, arrancou da ponta esquerda em direção á área e seu chute desviado em Van Buyten quase entrou, enganando Courtois. Aos 9 min, dispara em contragolpe, deu drible entre as pernas do capitão Kompany e carimbou o travessão. Foi substituído aos 35 min, ovacionado.

A Argentina suportou a pressão belga no fim e desperdiçou chance incrível com Messi, cara a cara com Courtois aos 49 min.

ARGENTINA Romero; Zabaleta, Demichelis, Garay e Basanta; Biglia, Mascherano Lavezzi e (Palacio); Messi, Di María (Enzo Pérez) e Higuaín (Gago). T.: Alejandro Sabella

BÉLGICA Courtois; Alderweireld, Van Buyten, Kompany e Vertonghen; Witsel, Fellaini, Mirallas (Mertens), De Bruyne e Hazard (Chadli); Origi (Lukaku). T.: Marc Wilmots

Estádio: Mané Garrincha, em Brasília Árbitro: Nicola Rizzoli (Itália) Gol: Higuaín, aos 7 min do 1º tempo Cartões amarelos: Biglia (A), Hazard e Alderweireld (B)

Leia tudo sobre: argentinabélgicasemifinaiscopa do mundo