Alemães confiantes para enfrentar o Brasil

Visitantes europeus se preparam para chegar a Belo Horizonte e esperam eliminar a Seleção Canarinho

iG Minas Gerais | Thiago Nogueira |

Salvador (BA). Depois da finalíssima de 2002, chegou a vez de Brasil e Alemanha se reencontrarem em Copa do Mundo. Desta vez, em Belo Horizonte. Na capital baiana, os amigos Christian Schimidt e Armin Reitzingslöfer já planejam a viagem para Minas. 

Pelo menos 80 mil ingressos foram comprados por alemães para toda a Copa, mas não se tem uma quantidade exata dos que irão a BH.

Christian e Reitzingslöfer  têm ingresso para a semifinal e devem chegar na véspera do jogo. “Nós adoramos acontecer esse jogo. Mas sentimos ter que tirar o Brasil da Copa”, brincam os amigos, que assistiram aos jogos contra Portugal, em Salvador, Estados Unidos, em Recife, e Argélia, em Porto Alegre.

Na capital baiana, os amigos, que pouco falam inglês, tem recebido a ajuda da estudante Annalisa Partmann, voluntária não oficial que se dispõe a ajudar os alemães com dificuldades de se comunicar. “Como falo alemão e inglês, uso uma camisa com a bandeira da Alemanha, e procuro ajudar”, conta.

Ela tentou se candidatar a voluntária na Copa do Mundo, mas, como tinha apenas 16 anos, não podia. Mas, na Fan Fest do Farol da Barra, ela pode “trabalhar” normalmente. Uma coisa já é certa: a amizade extracampo já começou.

Leia tudo sobre: Alemãessemifinalturistas