Dilma chama Neymar de guerreiro e diz que Brasil já se sente vitorioso

Presidente enviou uma carta à seleção e outra a Neymar

iG Minas Gerais | Da Redação |

Pesquisa do Ibope aponta Dilma com 38% das intenções de voto
Wilson Dias/Agência Brasil
Pesquisa do Ibope aponta Dilma com 38% das intenções de voto

A presidente Dilma Rousseff enviou neste sábado (5) uma carta à seleção brasileira de futebol e outra ao atacante Neymar.

O camisa 10 fraturou a terceira vértebra lombar durante a vitória da seleção por 2 a 1 sobre a Colômbia, na sexta-feira (4), em Fortaleza.

Na primeira carta, a presidente afirma que jogadores e comissão técnica demonstram "talento, garra, espírito de luta e capacidade de superação" e que isso "vai ajudar a compensar o grande desfalque" causado pela contusão de Neymar.

"Todo o Brasil já se sente vitorioso, porque além de estarmos realizando a Copa das Copas, temos a mais linda e aguerrida seleção da disputa", diz a presidente. "Avante, porque o principal já foi feito!".

Na carta dirigida ao atacante, Dilma afirma que Neymar é "um grande guerreiro que interrompe brevemente sua marcha, mas que já deixou sua marca insuperável na batalha vitoriosa que trava a nossa seleção".

Neymar sofreu uma fratura na terceira vértebra do lado esquerdo e não jogará mais na Copa do Mundo-2014.

O jogador sofreu a lesão após uma entrada dura do lateral direito Zuñiga no final da partida da seleção contra a Colômbia, na sexta-feira (4), pelas quartas de final do Mundial. Ele saiu de maca e foi levado de ambulância para o hospital São Carlos, em Fortaleza, onde passou por exames. Deixou o local por volta das 21h15, de ambulância, e pelos fundos.

O atacante seguiu com a seleção brasileira para a Granja Comary, em Teresópolis, na madrugada deste sábado (5).

O processo de recuperação pode levar até oito semanas, diz o médico Rene Abdalla, ortopedista do HCor (Hospital do Coração), de São Paulo. Mas tudo vai depender de como o jogador vai responder ao tratamento.

Veja abaixo a íntegra das cartas.

CARTA PARA A SELEÇÃO

"Queridos jogadores e querida Comissão Técnica, Todo o Brasil está acompanhando, com empolgação, a grande campanha que vocês realizam. Mais uma vez, demonstram talento, garra, espírito de luta e capacidade de superação - o que, inclusive, vai ajudar a compensar o grande desfalque causado pela contusão do nosso querido Neymar. Todo o Brasil já se sente vitorioso, porque além de estarmos realizando a Copa das Copas, temos a mais linda e aguerrida seleção da disputa. Como nunca, vocês estão fazendo nossos corações baterem em um só ritmo e nossas gargantas emitirem uma só voz de alegria e esperança. Avante, porque o principal já foi feito! Sua fã Número Um, Dilma Rousseff"

CARTA PARA NEYMAR

"Querido Neymar, Sua face de dor, ontem, no gramado do Castelão, feriu o meu coração e o de todos os brasileiros e brasileiras. Mas o que vimos, também, foi a força descomunal de um grande guerreiro que não se deixa abater, mesmo que ferido. Um grande guerreiro que interrompe brevemente sua marcha, mas que já deixou sua marca insuperável na batalha vitoriosa que trava a nossa seleção. Sei que como todo brasileiro você não desiste nunca e, mais rápido do que se imagina, estará de volta, enchendo nossa alma de alegria e nossa história de sucessos. Que Deus lhe dê força e lhe proteja sempre. Dilma Rousseff"

 

Leia tudo sobre: Dilmacartaneymarseleção