Ícones do design

Do moderno ao contemporâneo, assentos se destacam pelos aspectos expressivo e autoral

iG Minas Gerais | Ana Paula Braga |

Sintonia. Materiais de aspecto rústico estabelecem perfeita harmonia com a poltrona de couro
Maíra Acayaba/ Divulgação
Sintonia. Materiais de aspecto rústico estabelecem perfeita harmonia com a poltrona de couro
“Durante toda a vida, fazemos uma espécie de ‘dança das cadeiras’, começamos em cadeiras de balanço para bebês, passamos para cadeiras mais altas, carteiras escolares, cadeiras de escritório e poltronas confortáveis, até voltarmos para as cadeiras de balanço.” A frase pontuada na introdução do livro “Como Criar Uma Cadeira”, de Konstantin Grcic, um dos mais conhecidos designers de móveis do mundo, ressalta a simbologia que essa peça carrega no cotidiano das pessoas. Em um estudo de caso, o profissional foca sua escrita nos princípios e processos da criação, desde as propriedades simbólicas e funcionais da cadeira até o domínio dos materiais e das técnicas de produção.    Repetidamente interpretada por diversos designers e arquitetos mundo afora, a cadeira carrega um papel fundamental e iconográfico no universo do design brasileiro, sempre aliada a aspectos históricos e culturais. Seja por meio de um desenho simples, usando materiais de maneira experimental ou algo absolutamente inovador, os assentos refletem as principais referências de uma determinada época e também colocam em evidência as possibilidades do setor mobiliário ao tentar agregar valor aos objetos e ir além da vertente estética do design.   Criações  A cada ano, novas formas, cores e matérias-primas dão forma e charme aos móveis. Conforto e design são palavras de ordem que imperam na maioria das criações, desde cadeiras, poltronas, chaises até um simples banquinho. O visual de um produto pode não ter nada a ver com o modo como ele funciona, mas, frequentemente, no design contemporâneo, a forma segue o material.   Segundo especialistas, hoje, não basta apenas criar algo bonito e extremamente funcional. O objeto deve ser capaz de invocar nossas emoções e usar tecnologias e materiais de uma maneira engenhosa e bem criativa, assim como é necessário priorizar o menor impacto possível no meio ambiente.   “O design possui uma atuação bem ampla, mas os assentos em geral, como cadeiras e poltronas, por exemplo, são peças muito expressivas, que destacam em seus traços e materiais utilizados, informações e pistas sobre a cultura brasileira”, ressalta o designer Fábio Nogueira.   

Leia tudo sobre: íconesdesignassentos