Jogador que tirou Neymar da Copa diz que lance "foi sem querer"

Consternado com a situação do companheiro de profissão, Juan Zúñiga afirmou que não teve a intenção de machucar o craque brasileiro

iG Minas Gerais | da redação |

Fabrizio Bensch/AP
undefined

Protagonista da joelhada que tirou Neymar da Copa do Mundo, o lateral colombiano Juan Zúñiga se defendeu das acusações de que a jogada teria sido desleal. Consternado com a situação do companheiro de profissão, o defensor afirmou que não teve a intenção de machucar o craque brasileiro. Após exame realizado momentos depois do duelo desta sexta-feira, no Castelão, Neymar teve diagnosticada uma lesão na terceira vértebra da coluna. 

"Nunca tive a intenção de causar um mal ao jogador. Dentro de campo temos que jogar firme, mas nunca com a intenção de lesionar um jogador", afirmou Zúñiga.

"Espero que não seja nada grave. Ele é um grande talento para o Brasil e para o mundo. Dentro de campo estamos defendendo minha camisa, meu país, mas não esperava que ele fosse fraturar uma vértebra", completou o lateral.

Sem Neymar, a seleção brasileira volta a campo na próxima terça-feira, contra a Alemanha, às 17h (de Brasília), no Mineirão. A partida será válida pelas semifinais do Mundial.