Argentinos foram ouvidos no hospital e já voltaram para Buenos Aires

Dupla estava internada desde a última quarta-feira (2), quando se envolveram em um acidente na BR-381, em Oliveira; uma jornalista morreu

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Maria Soledad, de 26 anos, era filha de Titi Fernandez, jornalista que também está no país
reprodução / Twitter
Maria Soledad, de 26 anos, era filha de Titi Fernandez, jornalista que também está no país

Já voltaram para Buenos Aires os dois argentinos que estavam no carro juntamente com Maria Soledad Fernandez, de 26 anos, que faleceu na última quarta-feira (2) após um acidente ocorrido na BR-381, em Oliveira, na região Centro-Oeste do Estado. Antes de irem para casa na noite de quinta-feira (3), Fernando Javier Bruno, de 41 anos, e Juan Daniel, de 43, foram ouvidos pela Polícia Civil no Hospital Madre Teresa, no Gutierrez, na região Oeste de Belo Horizonte. 

Segundo as informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil, a dupla prestou depoimento na tarde desta quinta à um delegado do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran/MG). Eles foram levados à unidade hospitalar para passarem por alguns exames finais após receberem alta do Hospital Regional de Betim, na região metropolitana da capital. Ainda conforme a corporação, o teor dos depoimentos não será divulgado a pedido do Consulado da Argentina em Belo Horizonte. 

Agora, os depoimentos deverão ser encaminhados ao delegado titular da Delegacia de Oliveira, que ficará responsável pela investigação. No mesmo dia da batida, o motorista Marcos Vinícius da Silva, de 21 anos, foi autuado em flagrante e responderá por homicídio culposo – quando não há intenção de matar – , omissão de socorro e por ter fugido do local onde a batida aconteceu. Ele conduzia um Volkswagen Golf que teria batido na traseira do Fiat Dobló em que a jovem estava. 

Em contato com o Consulado da Argentina, O TEMPO foi informado de que Fernando e Juan voltaram para o país de origem na noite de quinta-feira (3).

O acidente

O carro da argentina capotou e caiu em uma ribanceira na madrugada de quarta-feira, quando Maria Soledad, que é filha do famoso jornalista esportivo Titi Fernandez, e os dois colegas voltavam para Belo Horizonte  após acompanharem a partida entre Argentina e Suiça, na tarde de terça-feira (1). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o veículo caiu de uma altura de seis metros e Maria Soledad foi arremessada para fora do carro. Os outros dois ocupantes do carro,

Fernando e  Juan foram levados para o Pronto Atendimento Municipal (PAM) de Oliveira e, em seguida, transferidos para o Hospital Municipal de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a unidade de saúde, eles chegaram por volta das 5h30 com escoriações. Os dois foram avaliados pelas clínicas (cirurgia geral, neurocirurgia e ortopedia), que não constataram fraturas ou lesões graves. 

O suspeito foi detido ainda na madrugada da quarta, depois que a polícia localizou um Golf com a parte da frente amassada, em posto de gasolina, próximo ao local do acidente. Perguntada sobre a razão do dano ao carro, a dupla informou que havia se chocado em um caminhão na BR-381.

As informações iniciais davam conta de que Maria Soledad era jornalista. No entanto, ela é formada em moda, e não em jornalismo. Segundo amigos da família, ela sempre acompanhava o pai em Copas do Mundo. Desta vez, ela veio ao Brasil de surpresa, para comemorar o aniversário do pai.

Leia tudo sobre: ACIDENTEARGENTINAMORTAOLIVEIRABR-381TITI FERNANDEZJORNALISTA ESPORTIVO