Vereadores suspendem recesso para apurar queda de viaduto na Pedro I

Segundo nota divulgada pela Casa, a “necessidade de a Câmara Municipal de Belo Horizonte dar um retorno à sociedade de Belo Horizonte” fez com que as férias fossem suspensas

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Vereadores da Câmara Municipal de Belo Horizonte decidiram suspender o recesso parlamentar previsto para o mês de julho, devido ao desabamento do viaduto Batalha dos Guararapes. Segundo nota divulgada pela Casa, a “necessidade de a Câmara Municipal de Belo Horizonte dar um retorno à sociedade de Belo Horizonte” fez com que as férias fossem suspensas. Na manhã desta sexta-feira, após suspender uma reunião extraordinária por falta de quórum, o presidente declarou aberto o recesso.

Uma comissão temporária de representação será criada para acompanhar a apuração relativa ao desabamento do viaduto Guararapes. O ato oficial deve ser publicado no Diário Oficial do Município (DOM) neste sábado (5), quando os parlamentares participarão de uma vistoria no local do acidente. A comissão será constituída pelos vereadores Wellington Magalhães, presidente em exercício, Leonardo Mattos, secretário-geral, e Autair Gomes, corregedor.

Reunião emergencial

Uma reunião emergencial foi marcada para a próxima segunda-feira (7), no Plenário Helvécio Arantes, às 10h, com o intuito de discutir possíveis medidas e providências da Casa para a apuração do ocorrido e punição de seus responsáveis. O convite foi feito pelos vereadores Adriano Ventura, Arnaldo Godoy, Gilson Reis, Juninho Paim e Pedro Patrus.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave