Marreta e Liga Operária protestam contra queda de viaduto na Pedro I

O ato denuncia correria nas obras, que aumenta o risco de acidentes, segundo o diretor do Marreta; protesto também é uma forma de solidariedade às famílias das vítimas do desabamento.

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Cerca de 30 integrantes da Liga Operária e do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Belo Horizonte e Região (Marreta) se reuniram na manhã desta sexta-feira (4) na praça Sete, no centro de Belo Horizonte, para protestar contra o desabamento do viaduto Guararapes, na avenida Pedro I. O acidente aconteceu nessa quinta-feira (3) e causou a morte de duas pessoas e deixou 22 feridos. O ato também é uma manifestação de solidariedade às famílias das vítimas do desabamento.

“Estamos denunciando que mais acidentes como esse podem acontecer”, afirmou o presidente do Marreta, Vilson Valdez da Silva. Segundo ele, a correria na execução das obras faz com que aumente o risco para os operários e para a população. O protesto é pacífico e não causa retenção no trânsito no entorno da praça Sete.  

Leia tudo sobre: marretaprotestoquedaviaduto