Pai de vítima de queda de viaduto manda recado para Dilma e Lacerda

Cuidador de idosos critica a falta de assistência dos governos à sua família; homem afirma que preocupação é maior com a Copa

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

O pai do assistente de encarregado de obra, Charlys Frederico Moreira do Nascimento, 25, mandou uma mensagem para a presidente da República, Dilma Rousseff, e para o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, enquanto aguardava a liberação do corpo do filho no Instituto Médico Legal (IML) da capital, na manhã desta sexta-feira (4). Nascimento foi uma das vítimas de desabamento de um viaduto na avenida Pedro I, na região de Venda Nova, na tarde dessa quinta-feira (3).

"Quero mandar um recado para Dilma e para Marcio Lacerda, que estão só preocupados com a Copa e até agora não deram apoio nenhum para um pai que perdeu um filho e está sofrendo muito", criticou com um desabafo o cuidador de idosos Juarez Moreira de Melo, 52.

O corpo de Nascimento foi retirado do carro, que estava embaixo dos escombros por volta das 4h40 desta sexta-feira. Ele estava sozinho em um Uno, no momento do acidente. O assistente saiu mais cedo do trabalho, nessa quinta, para buscar a mulher e irem juntos a uma concessionária trocar o veículo de duas portas por um de quatro portas.

Nascimento não tinha filhos e era casado há sete anos. Ele será velado e sepultado no cemitério Vila Maria, em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Melo mora em Jaboticatubas com outros dois filhos, de 9 e 11 anos, irmãos de Nascimento apenas por parte de pai. 

 

Leia tudo sobre: paivítimadesabaforecadoDilmaLacerda