Idosa ameaça atirar em PM e chama militares de 'cachorros do governo'

Caso aconteceu em Itapecerica após vizinhas da suspeita acionarem a corporação; dona de casa tinha "proibido" que mulheres pisassem no passeio da sua casa

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Uma mulher de 65 anos foi presa após desacatar policiais, nessa quinta-feira (4), em Itapecerica, na região Centro-Oeste do Estado. A dona de casa ameaçou atirar contra a cabeça de um soldado e chamou os militares de “cachorros do governo”.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, os policiais deslocaram até a casa de Francisca das Graças Gomides Araújo, localizada na avenida Severo, no centro da cidade, após vizinhas afirmarem que estavam sendo ameaçadas e difamadas pela mulher. A idosa teria proibido que as mulheres pisassem em seu passeio.

Com a chegada da viatura, ainda muito agitada, Francisca disse que os policiais também estavam proibidos de pisar no local. Durante a conversa, a suspeita afirmou que os militares estavam “com cara feia porque ganhavam um salário de merda e vivem passando fome".

Não satisfeita, a idosa ainda chegou perto de um soldado e disse: “Pisa aqui no meu passeio se você for homem! Te enfio um tiro no meio da cabeça, você não vale nada!". Diante das ofensas, a idosa acabou detida.

Ela foi presa em flagrante pelos crimes de ameaça, desacato e difamação. A mulher foi levada para a Delegacia de Plantão do Itapecerica.

Leia tudo sobre: desacatopolicialItapecericaidosa