Cúpula da Fifa se preocupa com repercussão após queda de viaduto

Segundo o presidente da Federação Espanhola de Futebol, Angel Maria Villar os jogos desta sexta-feira (4) devem ter um minuto de silêncio

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Mariela Guimarães
undefined

O queda de um viaduto matando duas pessoas e ferindo outras 21, em Belo Horizonte, deixou a cúpula da Fifa preocupada, até por causa da repercussão para a imagem da Copa. A obra era parte dos projetos de mobilidade para o torneio mundial. Momentos depois do acidente, cartolas vieram procurar a reportagem do jornal O Estado de S. Paulo no Copacabana Palace no Rio para saber de detalhes. A principal pergunta era se a obra tinha alguma relação com os projetos da Copa do Mundo.

Um dos mais preocupados era Sunil Gulati, presidente da Federação Americana de Futebol e membro do Comitê Executivo da Fifa. Além de querer saber o número de vítimas, o cartola procurava informações sobre a obra, sobre os atrasos e sobre o motivo do desabamento. “Isso é terrível”, disse. Segundo o presidente da Federação Espanhola de Futebol, Angel Maria Villar os jogos desta sexta-feira (4) devem ter um minuto de silêncio.

Leia tudo sobre: TragédiaquedaviadutoFifadirigentesBelo HorizonteMinas GeraisCopa do MundoimagemBrasil