Equipe de resgate retira carro esmagado com uma vítima

O Corpo de Bombeiros ainda não confirmou a identidade do motorista, mas as primeiras informações são de que se trata mesmo de Charles Frederico Moreira do Nascimento

iG Minas Gerais | Cinthia Ramalho |

Veículo está embaixo do viaduto desde às 15h de quinta-feira (3)
Web Repórter
Veículo está embaixo do viaduto desde às 15h de quinta-feira (3)

Após uma madrugada inteira de trabalhos, a equipe de resgate conseguiu retirar o carro esmagado, um Uno, do viaduto na avenida Pedro I. Dentro dele, havia um homem. O Corpo de Bombeiros ainda não confirmou a identidade do motorista, mas as primeiras informações são de que se trata mesmo de Charles Frederico Moreira do Nascimento. O pai dele está no local acompanhando os detalhes do resgate.

O resgate foi difícil e demandou várias técnicas até que o carro fosse finalmente retirado, o que aconteceu por volta das 4h40 desta sexta-feira (4). Depois que seis guindastes não foram suficientes para elevar o viaduto, os bombeiros optaram por quebrar o asfalto da via. Foi assim que o veículo esmagado foi retirado.

O acidente

O viaduto em construção na avenida Pedro I desabou, na altura do bairro São João Batista, na região de Venda Nova, em Belo Horizonte, na tarde desta quinta-feira. Até o momento, duas pessoas morreram ou outras 22 ficaram feridas. A queda aconteceu por volta das 15h10.

O viaduto fica próximo ao parque Lagoa do Nado e um Fiat Uno, um outro carro de passeio, um ônibus da linha circular 70 e pelo menos dois caminhões teriam ficado presos sob a estrutura.

Além do motorista do Uno, a motorista do ônibus, Hanna Cristina dos Santos, de 24 anos. Ela trabalhava com isso há um ano e o veículo que dirigia era do pai dela.

Hanna deixa uma filha de 5 anos, que estava no ônibus no momento do acidente e também ficou ferida,  assim como a cobradora da linha. Entre os feridos está também um funcionário da prefeitura que trabalhava em cima do viaduto no momento da queda.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave