“Niño Maravilha” já é um veterano aos 22 anos

iG Minas Gerais | Victor Martins |

NATACHA PISARENKO/AP PHOTO
undefined

Quem é James Rodríguez? Passados quatro jogos da Copa do Mundo é fácil responder. O jogador de 22 anos foi eleito o melhor da primeira fase e é o artilheiro da competição com cinco gols marcados. Então, a pergunta que fica é: quem era James Rodríguez antes da Copa do Mundo? O que fazia o jogador que se tornou a grande preocupação da seleção brasileira no jogo de hoje, no Castelão, pelas quartas de final da Copa do Mundo?

Desconhecido para quem não acompanha o futebol internacional e projeto de craque para quem já viu o colombiano em ação por Banfield-ARG, Porto-POR ou Mônaco-FRA, seu clube atual. Um jogador que já movimentou mais de € 50 milhões (algo em torno de R$ 151 milhões) tem o seu valor. Campeão por onde passou, até mesmo pelo pequeno Envigado, da Colômbia, James Rodríguez é um jogador precoce e experiente. Profissional desde os 16 anos, quando conquistou a segunda divisão do seu país, Rodríguez já se tornou um jogador internacional no ano seguinte, quando foi jogar pelo Banfield, da Argentina. Por lá foi campeão nacional e destaque do pequeno clube da região metropolitana de Buenos Aires na Libertadores de 2010. O grande desempenho no futebol argentino rendeu um entre tantos apelidos. Lá ele se tornou “James Bond”, enquanto na Colômbia é chamado de “El Nuevo Pibe” e “Niño Maravilha”. O surgimento de James Rodríguez foi um alento no futebol colombiano. O jogador era a esperança de mudar um panorama muito ruim da seleção, muito mal em Copas América e nas Eliminatórias, consequentemente ficando fora do Mundial. Campeão argentino aos 18 anos, Rodríguez se tornou a esperança de uma nova Colômbia e despertou o interesse dos clubes europeus. Apesar de ser profissional desde 2007, quatro anos depois ele defendia a seleção no Mundial sub-20, disputado dentro de casa. Rodríguez foi protagonista, marcou gols, mas não conseguiu levar sua equipe além das quartas de final, quando acabaram derrotados pelo México.

Tudo em família Em 2011, James Rodríguez se casou com Daniela Ospina, irmã de David Ospina, goleiro e companheiro do camisa 10 na seleção. Além disso, o casal teve uma filha, que recebeu o nome de Salome, em 29 de maio de 2013. E se muita gente reclama do cunhado, esse não é o caso dos companheiros de seleção. Amigos desde antes de jogarem juntos pela Colômbia, James Rodríguez e David Ospina têm uma boa relação, que é muito celebrada pelo goleiro, principalmente agora, com o cunhado brilhando na Copa do Mundo. (Gabriel Pazini)

Real Madrid de olho em James Em Portugal, foram três temporadas e três títulos nacionais pelo Porto, além da conquista da Liga Europa e outras competições nacionais. James Rodríguez rapidamente caiu nas graças da torcida e passou a ser idolatrado. O ciclo no Estádio do Dragão se encerrou há um ano, quando foi comprado pelo Mônaco. No primeiro ano na França, ele não conquistou títulos no clube, mas foi eleito o terceiro melhor jogador do campeonato nacional, figurando na seleção da competição. Se vai conseguir títulos pelo Mônaco? Difícil saber, já que a grande qualidade demonstrada com apenas 22 anos foi destacada pela grande Copa do Mundo que faz até o momento. James Rodríguez é alvo de cobiça dos gigantes europeus. O Real Madrid é um deles. A equipe espanhola estaria disposta a pagar até nove dígitos pelo camisa 10 da Colômbia.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave