Campos aposta na insatisfação

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

O presidenciável pernambucano Eduardo Campos (PSB) também começa a intensificar suas viagens na segunda quinzena deste mês. A previsão é que ex-governador priorize suas visitas a São Paulo, ao Nordeste e a Minas Gerais, nesta ordem.  

A tática será apontar erros e deficiências das gestões tucana, em São Paulo e em Minas, e petista, no Nordeste, onde é mais conhecido. Campos irá manter a postura adotada recentemente de se descolar da imagem de Aécio Neves (PSDB).

“Se quiser ter chances de ganhar ou levar para o segundo turno, tem que ter uma postura mais incisiva nos dois maiores colégios eleitorais do Brasil: São Paulo e Minas”, afirmou um interlocutor do partido.

Em São Paulo, o discurso será mais econômico, assim como o do rival tucano. Em Minas, a presença da ex-senadora Marina Silva, vice na chapa de Campos, deve ser explorada com frequência. Ela tem histórico de boa votação no Estado.

Segundo fontes da campanha, por onde passar, Campos irá explorar o sentimento de insatisfação generalizado da população. A sua situação é, talvez, a que exige mais engenharia. Ele ainda não conseguiu abarcar os eleitores de Marina e enfrenta a desconfiança dos empresários e do agronegócio. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave