Prazo para térmicas atrasadas é esticado

Comissão especial aprova medida de prorrogação

iG Minas Gerais |

A Comissão Especial que analisa a medida provisória que modifica regras de comercialização de energia elétrica aprovou ontem a prorrogação por 18 meses do prazo de conclusão de obras de termelétricas contratadas em leilões de energia de reserva e que estejam com o cronograma de implantação atrasado.

Essa previsão foi incluída no relatório do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) da Medida Provisória 641, editada em março.

Leia tudo sobre: prazotérmicasprorrogado