Amil justifica alta de custos para repasse

Entre justificativas, o aumento na frequência da utilização do plano

iG Minas Gerais | Juliana Gontijo |

Segundo a operadora Amil, o aumento na frequência da utilização do plano, o avanço dos custos de insumos médicos e a incorporação de novas tecnologias e coberturas influenciam diretamente os custos dos planos de saúde e, consequentemente, os reajustes necessários para suprir o crescimento das despesas assistenciais.

“Vale ressaltar que o custo dos planos de saúde é integralmente financiado pelos beneficiários que compõem uma carteira e dividido entre eles. Essa é a lógica do mutualismo, onde todos contribuem para garantir a prestação de serviços com valores mais acessíveis a todos”, disse a empresa em nota. Em 2013, o reajuste máximo autorizado pela ANS foi de 9,04%. 

Leia tudo sobre: Amiljustificareajuste