Levir Culpi lança livro que conta histórias do mundo da bola

Treinador narra momentos vividos por ele no futebol, em uma espécie de diário; livro terá arrecadação revestida para Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Presidente do banco BMG e ex-presidente do Galo, Ricardo Guimarães também prestigiou lançamento
Atlético/Divulgação
Presidente do banco BMG e ex-presidente do Galo, Ricardo Guimarães também prestigiou lançamento

O técnico Levir Culpi lançou, na noite desta quinta-feira, o livro “Um burro com sorte? - o futebol contado de dentro para fora dos gramados”, no Parrilla del Mercado, em Belo Horizonte. O treinador apresenta histórias vividas por ele no mundo da bola, em uma espécie de diário. O livro, que custa R$ 42,90 terá toda a sua arrecadação revestida para Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba, no Paraná.

Levir se mostrou feliz com o lançamento do livro, com a presença de amigos e com o caráter beneficente que ele tem. “Vocês não podem imaginar o prazer que tenho de estar aqui, em Belo Horizonte, dividindo esse momento com as pessoas. Aqui, não tem clássico, estamos todos reunidos para um momento de união porque a renda do livro será toda revertida para o Hospital Pequeno Príncipe. Então, não é momento de rivalidade, mas de união. Estou revendo grandes amigos e vou passar grandes momentos no dia de hoje”, disse.

O treinador afirmou que o livro conta os principais fatos que ocorreram durante a sua carreira. “O livro é uma biografia, só que não tem uma ordem cronológica. Comecei a escrever esse livro em 2011, logo quando aconteceu aquele grande Tsunami no Japão. É uma espécie de diário, mas vai viajando, passando por Belo Horizonte, Recife, Curitiba. Conta a história da minha carreira. Enfim, tem muita coisa engraçada e muita coisa séria, É o futebol visto de dentro para fora, é a visão do técnico”, declarou.

O treinador contou que a história que originou o título ocorreu à época em que ele comandava o Criciúma. “É um fato que aconteceu quando eu treinava o Criciúma. Foi envolvimento com o torcedor e esse contato com o torcedor é uma coisa que realmente merece um livro. No início, fiquei com muita raiva do torcedor porque ele tinha me chamado de burro com sorte, mas, agora, quase com 60 anos, achei que ele tinha razão”, relembrou.

Estiveram presentes no lançamento o presidente do Atlético, Alexandre Kalil, o diretor de futebol do Galo, Eduardo Maluf, o presidente do banco BMG, Ricardo Guimarães, ex-jogadores do clube, músicos do Skank e o presidente da Federação Mineira de Futebol (FMF), Castellar Guimarães Neto.

Leia tudo sobre: AtleticoGalolevirlancamentolivroburro com sortebeneficente