Queda do viaduto deixa 22 feridos, segundo balanço oficial

Os feridos estão divididos entre os hospitais Risoleta Tolentino Neves, Odilon Behrens e UPA da Pampulha e de Venda Nova

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

Ferido chega ao Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Venda Nova
Joao Godinho/O Tempo
Ferido chega ao Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Venda Nova

A tragédia com a queda do viaduto da avenida Pedro I nesta quinta-feira (3) deixou 22 feridos, segundo o último balanço divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde.  Desde o momento da acidente,  por volta das 15h10, a informação de feridos estava desencontrada. Os bombeiros chegaram a divulgar 19 feridos e uma médica do Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Venda Nova, cogitou 25.

Dos 22 feridos, 12 foram levados para o Risoleta Neves, três feridos que eram operários da obra para o  Odilon Behrens, dois foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Pampulha, dois para a UPA Venda Nova e três feridos foram liberados no local. Além disso um óbito foi confirmado e outro dado como  presumido.

Uma das passageiras do ônibus que ficou ferida, Penelope de Fátima Ferreira, 29, e  já recebeu alta do Hospital Risoleta Tolentino Neves e disse ter nascido novamente. "Eu estava sentada na penúltima cadeira do ônibus, foi isso que me salvou. Na hora foi um barulho muito alto e tudo ficou escuro, a gente não entendeu direito o que havia ocorrido", contou a vítima.

Veja a lista de feridos internados no Risoleta Neves:  Maria Gomes da Silva, 65 Gerson Sandré Lopes, 42 Jose Hilton Ribeiro, 46 Penélope de Fátima Ferreira, 29 Débora Nunes Reigada trocadora, Érica Alves Moreira, 34 Rosilene Fernandes Costa, 50 Ana Paula Evangelista, 19 Vanderci Martins de Oliveira, 46 Maria Célia da Silva, 55 Cristina Cassimira de Oliveira, 45 Uma criança de 5 anos.  

No Odilon Beherens: Fábio Junior Silva, 34 Carlos Margem Silva, 38 Marcelo Rodrigues, 32

O nome dos internados na UPA não foi divulgado ainda. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave