Reunião entre Urbel e representantes de ocupações termina sem acordo

Objetivo do encontro era apresentar as reivindicações do grupo, como: manutenção de serviços básicos nas comunidade, fim de despejos forçados, dentre outros

iG Minas Gerais | ALINE DINIZ |

PEDRO GONTIJO / O TEMPO
undefined

A reunião entre a Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel) e representantes de ocupações urbanas terminou sem acordo nesta quinta-feira (3). O encontro aconteceu no prédio da companhia, que foi invadida na quarta-feira (2) por manifestantes. Segundo o militante do movimento brigadas Populares, Luiz Fernando Vasconcelos, o objetivo do encontro era apresentar as reivindicações do grupo, como: manutenção de serviços básicos nas comunidade, fim de despejos forçados, dentre outros. “Ele se furtou a atender ás demandas e disse que não e competência do órgão”, informou Vasconcelos. Na reunião, ficou sinalizado que uma a Urbel iria solicitar um encontro com representantes do poder municipal.

Na quarta, o prédio foi ocupado por integrantes de movimentos sociais em forma de protesto contra as desapropriações consideradas “forçadas”. Além disso, eles reivindicam a garantia de serviços considerados essenciais como saneamento básico, água e eletricidade. Manifestantes ficaram sem comida porque a Polícia Militar (PM) não permitiu que mantimentos fossem levados até o grupo.  

Leia tudo sobre: Reunião Urbel