Felipão dá pista de que deve mesmo escalar Paulinho contra Colômbia

Treinador revelou conversa com o volante do Tottenham sobre pressão que o time sente antes de partida decisiva

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Felipão também disse que
Jefferson Bernardes/VIPCOMM
Felipão também disse que "existem regras" na seleção, mas que os jogadores podem se manifestar

Fortaleza (CE). Na última coletiva antes do jogo contra a Colômbia, nesta sexta-feira, pelas quartas de final da Copa do Mundo, o técnico Felipão, da seleção brasileira, deu uma breve dica de quem deve preencher a vaga do suspenso Luiz Gustavo no meio-campo. Como Fernandinho demonstrou ter garantido sua vaga de titular, sobrou para o treinador escolher entre o ex-titular Paulinho, além de Hernanes, Ramires e até Henrique para atuar como segundo volante. A citação de uma conversa com o ex-corinthiano pode ser a deixa que muitos esperavam. “Perguntei a ele sobre a pressão, se estava tudo bem e ele me deu garantias de que tudo está ótimo”, comenta Felipão.

Apesar disso, o treinador não esconde que pode sim mudar a formação do time no segundo tempo, dependendo das circunstâncias. “Treinamos algumas alternativas e elas podem acontecer, tendo em visto o andamento do jogo e o próprio resultado. O Henrique está acostumado comigo dos tempos de Palmeiras e sei como ele pode se comportar. Mas ele tem pouco costume de jogar ao lado de Thiago Silva e David Luiz. É uma opção que tenho”, lembra. Mesmo reconhecendo a força do adversário, que conta com os talentosos James Rodriguez e Cuadrado, Felipão garante que não fará marcação especial sobre nenhum jogador. “Vi isso acontecer somente em um jogo da Copa entre Holanda e Chile. Inicialmente, vamos marcar por setor”, garante.