Aguero é liberado para ficar no banco, e Sabella pode mudar time

Fora do jogo contra a Suíça, atacante deve ser utilizado no duelo com a Bélgica, pelas quartas de final da Copa

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Jogador está recuperado de uma lesão que sofreu no músculo da coxa esquerda
REPRODUÇÃO FACEBOOK AFA
Jogador está recuperado de uma lesão que sofreu no músculo da coxa esquerda

Sergio Aguero estará no banco de reservas nas quartas de final, contra a Bélgica. Segundo o porta-voz da seleção, Andres Ventura, o atacante recebeu alta do departamento médico e pode até ser utilizado pelo técnico Alejandro Sabella.

Aguero sofreu lesão muscular na coxa esquerda no último dia 25, na vitória da Argentina sobre a Nigéria, na fase de grupos. Ainda no primeiro tempo, ele foi substituído por Ezequiel Lavezzi.

Para acelerar a recuperação, foi usado tratamento na câmara hiperbárica e injeção de plasma rico em plaquetas está sendo utilizado. São dois recursos que aceleram a cicatrização.

Nesta quinta (3), o atacante treinou com bola com os sparrings da equipe. São os garotos Sub-20 trazidos com a delegação principal para ajudar nos treinamentos.

A informação da AFA (Associação de Futebol Argentino) surpreende porque o corte de Aguero chegou a ser cogitado.

Na partida das oitavas de final, contra a Suíça, Lavezzi foi escalado, o que deve se repetir no confronto deste sábado (5), diante dos belgas, em Brasília.

Apesar de Aguero não poder ser titular, Sabella analisa a possibilidade de algumas mudanças. Dois jogadores correm risco de ir para a reserva: o zagueiro Federico Fernández e o volante Fernando Gago não estão agradando.

Eles podem ser substituídos, respectivamente, por Martin Demichelis e Lucas Biglia.

ARBITRAGEM

A Fifa designou o italiano Nicola Rizzoli para apitar o confronto entre Argentina e Bélgica. Ele apitou o jogo diante dos nigerianos, quando Aguero se lesionou.

Leia tudo sobre: AgueroCopa do MundoArgentinaquartas de finalatacanterecuperadoBélgica