Desabamento de viaduto ganha destaque na imprensa internacional

Diversos jornais repercutiram tragédia na capital mineira, que ocorreu a dez quilômetros de onde está a base da seleção argentina na Copa

iG Minas Gerais | Da Redação |

Diário Ole chamou tragédia de
Diário Ole chamou tragédia de "Colapso Mundial"

O desabamento de um viaduto na avenida Pedro I, em Belo Horizonte, nesta quinta-feira, tornou-se destaque também na imprensa esportiva argentina e mundial. Isso porque a seleção do país hermano se encontra concentrada a dez quilômetros do local onde ocorreu o acidente, em Vespasiano, no centro de treinamento do Atlético.

O jornal Ole chama o fato de "Colapso Mundial" e explica que a avenida "faz parte do caminho já percorrido diversas vezes pelo ônibus da Argentina".

Já o argentino TYC Sports também cita a distância entre o local do acidente e a Cidade do Galo e informa que “não há precisão sobre vítimas fatais”.

Outro veículo do país, o Clarín destaca que “uma ponte construída para o Mundial caiu sobre um coletivo a dez quilômetros de onde se encontra a seleção argentina”.

Pela Europa

O Marca, da Espanha, diz que "pelo menos duas pessoas morreram em Belo Horizonte, cidade que receberá uma das semifinais da Copa do Mundo, após desabamento de um viaduto".

Na Itália, o Corriere dello Sport informa que "pelo menos duas pessoas morreram e 19 ficaram feridas após desabamento de um viaduto na cidade de Belo Horizonte".

Na Inglaterra, o The Guardian informa que “um viaduto, que era parte do plano de infraestrutura da Copa do Mundo, desabou em cima de alguns veículos”. A publicação ainda chama atenção para os gastos do governo brasileiro, os longos atrasos na finalização de projetos e protestos no Brasil.

Leia tudo sobre: seleção argentinatragédiaPEdro I