Colômbia sabe que melhor momento não é suficiente para classificação

Equipe precisará voltar a jogar bem para passar pelo Brasil nesta sexta-feira

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Jogo Costa do Marfim 1 x 2 Colômbia no estádio Mané Garrincha, em Brasília
Marcelo Casal Jr/Agencia Brasil
Jogo Costa do Marfim 1 x 2 Colômbia no estádio Mané Garrincha, em Brasília

Fortaleza (CE). Apesar de estar jogando dentro de casa, o momento que o Brasil chega para o jogo das quartas de final da Copa do Mundo, contra a Colômbia, nesta sexta-feira, não é o mesmo do adversário.

A equipe do Caribe venceu todos os quatro jogos, tem o segundo melhor ataque, além de estar encantando quem tem o privilégio de assistir suas partidas.

Apesar disso, ‘Los Cafeteros’ mostram ter o pé no chão ao mesmo tempo em que sabem que poder superar o forte rival.

“Quando começamos a conseguir os resultados e aumentar nosso nível de jogo, vimos que o sonho poderia se transformar em realidade. Este grupo se fortaleceu muito no dia a dia e sabe bem do adversário que terá pela frente, considerado favorito para muitos. Mas o nosso trabalho é feito para conseguirmos coisas grandes”, indica o zagueiro Carlos Valdes.

O fato de ter em campo duas seleções que, pelo menos na tradição, jogam para a frente, pode fazer com que esta seja uma das melhores partidas do Mundial. O resultado só se saberá depois, mas é sabido que condições não faltam aos dois esquadrões. “São duas equipes que buscam o gol a todo momento e devemos ter um encontro franco. Brasil e Colômbia chegaram aqui com méritos e todo o amor pelo país e a união do grupo contaram para que eles superassem seus adversários”, comenta o goleiro Vargas.