Mulher arrisca sorte em jogo, ganha, não leva dinheiro e chama a PM

Dona de casa se irritou ao ver que não conseguiria pegar dinheiro; dono do comércio também foi detido

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Uma mulher de 42 anos foi detida por prática de jogo de azar, na madruga desta quinta-feira (3), no bairro Cachoeirinha, na região Nordeste de Belo Horizonte. O crime foi descoberto após a suspeita jogar em uma máquina caça-níquel, ganhar, mas não levar dinheiro e chamar a Polícia Militar.

De acordo com o boletim de ocorrência da corporação, Maria de Fátima Parreira estava em um bar na rua Itapetinga jogando, mas se irritou ao perceber que não conseguiria retirara a quantia ganha. Nervosa, ela acionou os militares do 16º Batalhão.

Quando chegaram ao estabelecimento comercial, os militares encontraram cinco máquinas caça-níquéis, que foram apreendidas. O dono do bar, Cristiano Santos de Carvalho, de 27, também foi detido. Segundo a mulher, antes da chegada da viatura, o jovem teria tirado todo o dinheiro dos equipamentos.

Os suspeitos foram encaminhados à Central de Flagrantes I (Ceflan).  

Leia tudo sobre: JOGO DE AZARMÁQUINABAR