Kalil nega saída de R10 e acredita na volta por cima do craque

O mandatário afirmou ainda que o jogador pode até se aposentar do futebol com a camisa alvinegra

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE/LUCAS PAVANELLI |

Depois de mais uma especulação envolvendo o craque Ronaldinho Gaúcho, o presidente do Atlético, Alexandre Kalil, negou, nesta quarta-feira, que o jogador saia antes do término de seu contrato, em dezembro de 2014. O mandatário afirmou ainda que o jogador vai recuperar o bom futebol e que pode até se aposentar com a camisa alvinegra.

Kalil negou a saída de Ronaldo após ser divulgada uma conversa entre Assis, irmão e empresário de R10, com um dos suspeitos da máfia dos ingressos, desmantelada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. Na última semana, Mortada Mansour, presidente do clube egípcio Zamalek, disse que já havia fechado acordo para contar com o jogador do Galo.

“Eu acho que o Ronaldo tem muita consciência do que o Atlético fez para ele e o que ele fez para o Atlético. Faltam seis meses para o contrato dele acabar. Ano que vem ele vai resolver se vai ficar ou não”, disse.

O presidente atleticano considera que o jogador está devendo futebol na atual temporada e que não existe motivo para ele ficar desmotivado. “Esse ano ele não jogou. Jogou lá na China e eu não fui. Eu acho que o profissional tem que estar sempre motivado. Ele é um ser humano, quer continuar com a torcida gritando o nome dele. Ele sabe que a torcida do Atlético é exigente, é chata, que não dá para brincar com a torcida do Atlético”, alertou.

Kalil acredita na possibilidade de R10 pendurar as chuteiras vestindo a camisa alvinegra. “Acredito. Tem que saber se ele quer jogar no ano que vem”, concluiu.

Leia tudo sobre: AtleticoGaloKalilRonaldinhoR10permaneceraposentar