Até a próxima semana todos os radares do Anel devem estar funcionando

Informação foi confirmada pela Polícia Militar Rodoviária após denúncia feita pelo jornal O TEMPO no dia 26 de junho

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Fiscalização. Equipamentos estão em quatro pontos
Uarlen Valério
Fiscalização. Equipamentos estão em quatro pontos

Após a denúncia feita pelo jornal O TEMPO de que cinco dos 13 radares existentes no Anel Rodoviário de Belo Horizonte estavam desligados, no último dia 26 de junho, a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) anunciou que as barreiras eletrônicas devem voltar a funcionar normalmente a partir da próxima semana. 

A informação foi confirmada pelo tenente Geraldo Donizete, comandante do policiamento do Anel Rodoviário. "Os que não estavam funcionando foi por conta de obras, como recapeamento, que foram feitas. A empresa responsável já está resolvendo esta questão. Todos os radares da descida do Betânia, por exemplo, já estão funcionando", disse o militar.

Os trabalhos de manutenção dos radares estariam sendo feitos durante a noite, para não prejudicar o trânsito na via. Ainda conforme o comandante, dois novos radares estão sendo instalados na proximidade da avenida da Luz. "Um deles já foi instalado, mas ainda não está em funcionamento. Mas dentro de 30 dias os dois já devem estar atuando normalmente", finalizou o tenente Donizete.

A reportagem de O TEMPO percorreu os dois sentidos da rodovia no último dia 25 de junho e constatou que no sentido Vitória três dos oito equipamentos não estavam funcionando. Já em direção ao Rio de Janeiro, dos cinco radares, dois não estavam exibindo a velocidade de veículos. 

A luz verde, que indica o funcionamento do equipamento, também não estava acendendo nos aparelhos. Ainda conforme foi constatado pela reportagem, os radares desligados estavam em pontos considerados como críticos, como a própria descida do Betânia, citada pelo tenente. 

 

Leia tudo sobre: RADARESANEL RODOVIÁRIO