Envolvido em morte de jornalista argentina é autuado em flagrante

Suspeito foi ouvido na manhã desta quarta-feira e deve responder por homicídio culposo, omissão de socorro e por ter fugido do local do acidente

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Maria Soledad, de 26 anos, era filha de Titi Fernandez, jornalista que também está no país
reprodução / Twitter
Maria Soledad, de 26 anos, era filha de Titi Fernandez, jornalista que também está no país

O motorista que dirigia o Golf que se envolveu no acidente que matou a jornalista argentina Maria Soledad Fernández, vai responder por homicídio culposo - quando não há intenção de matar - , omissão de socorro e por ter fugido do local onde a batida aconteceu. As informações são do delegado responsável pelo caso, Douglas Camarano de Castro, que ouviu motorista e passageiro na manhã desta quarta-feira (2). Os dois foram detidos depois que a polícia localizou um Golf com a parte da frente amassada em posto de gasolina próximo ao local do acidente. O condutor do veículo foi autuado em flagrante e o carro será periciado.

O acidente que matou a jornalista aconteceu na madrugada desta quarta, quando ela e outros dois colegas voltavam para Belo Horizonte depois de acompanhar a partida entre Argentina e Suiça na tarde dessa terça-feira. O trio estava em um Fiat Doblo, que caiu em uma ribanceira depois de capotar na altura do KM 619,5 da BR-381, em Oliveira, no Centro-Oeste do Estado.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o veículo caiu de uma altura de seis metros e Maria Soledad foi arremessada para fora do carro. Os outros dois ocupantes do carro, Fernando Javier Bruno, de 41 anos, e  Juan Daniel, de 43,  foram socorridos e levados para o Pronto Atendimento Municipal (PAM) de Oliveira e, em seguida, transferidos para o Hospital Municipal de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a unidade de saúde, eles chegaram por volta das 5h30 com escoriações. Os dois foram avaliados pelas clínicas (cirurgia geral, neurocirurgia e ortopedia), que não constataram fraturas ou lesões graves. Eles estão conscientes, estáveis e fora de risco, em observação.

Comoção

 

Leia tudo sobre: acidentejornalistaargentina