Jogadores argentinos se solidarizam ao pai da jornalista morta

Lavezzi, Demichelis e Marcherano foram alguns dos jogadores da seleção argentina que desejaram força à família da jovem

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Mascherano, do Barcelona, também desejou força ao pai da jornalista, Titi Fernandez
Reprodução/Twitter
Mascherano, do Barcelona, também desejou força ao pai da jornalista, Titi Fernandez

Após a repercussão da morte da jornalista argentina Maria Soledad Fernandez, de 26 anos, em um acidente de carro na BR-381, em Oliveira, no Centro-Oeste do Estado, alguns jogadores da seleção alviceleste manifestaram sua solidariedade ao pai da jovem, o também jornalista esportivo Titi Fernandez. No último dia 16, ele compartilhou uma foto da surpresa feita pela filha, que veio em Belo Horizonte para comemorar o aniversário com o pai.

Na tarde desta quarta-feira (02), a hashtag #FuerzaTiti já era a mais compartilhada na Argentina pelo Twitter. Pela rede social, o volante do Barcelona Javier Mascherano disse "mi mas sentido pésame @titifernandez1 y toda su familia en este momento. #FuerzaTiti". Além dele, o atacante Lavezzi, que joga no francês Paris Saint German, também lamentou no Twitter. O jogador disse sentir uma imensa dor pela morte da jovem e enviou um forte abrazo ao Titi e a família.

O zagueiro Martin Demichelis, que atua no futebol inglês ao lado de Kun Aguero, no Manchester City, também deixou uma mensagem ao pai de Maria Soledad, enviando uma saudação em nome de toda a seleção argentina. "@titifernandez1 mi sentido pésame. Estamos todos con vos y tu familia. Saludos de todo el plantel".

A morte da jovem jornalista também repercute entre os profissionais do ramo, como a jornalista Silvia Franco, que lamentou a triste notícia, dizendo que Soledad voltava do Brasil e compartilhando a foto divulgada no último dia 16 de Titi com a filha.

Entre os muitos famosos argentinos que lamentaram a perda da jornalista estava Marcelo Tinelli, vice-presidente do clube San Lorenzo, que eliminou o Cruzeiro este ano na Copa Libertadores. "Fuerza Titi querido. Sos un gran tipo. Toda la fuerza del mundo en este momento tan desagradable. S2", disse.

O governador Alberto Pinto Coelho também divulgou uma nota de pesar pelo falecimento de Maria Soledad e desejou melhoras aos seus dois colegas, que ficaram feridos. “Neste momento de dor, levo aos familiares, amigos e colegas de trabalho de Maria Soledad Fernandez, a solidariedade e conforto de todos os mineiros. Estes dias estão irmanando mais ainda mineiros e argentinos, e ela estava levando para o seu povo as boas notícias da seleção de seu país na Copa do Mundo e documentando esse importante momento, para o qual, certamente, contribuiu, por fazer parte”, afirmou o governador.

O acidente

O carro em que a jornalista estava acompanhada de outros dois colegas de trabalho capotou e caiu em uma ribanceira de cerca de seis metros de altura às margens da BR-381, na altura do KM 619. O acidente teria ocorrido por volta de 1h, sendo que a jornalista foi lançada para fora do Fiat Dobló usado por eles.

Segundo o Corpo de Bombeiros, uniformes do DirecTv Sport teriam sido encontrados no interior do veículo. Fernando Javier Bruno, 41, e  Juan Daniel, de 43,  foram socorridos e levados para o Pronto Atendimento Municipal (PAM) de Oliveira e, em seguida, para o Hospital Municipal de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. Eles não correm risco de morte segundo a assessoria da unidade de saúde.

As causas do acidente ainda não foram esclarecidas. No entanto,  a polícia conseguiu localizar um Golf em um posto de combustíveis com a parte da frente amassada. O motorista afirmou que tinha colidido contra um caminhão. Ele foi encaminhado à delegacia da cidade para prestar esclarecimentos.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave